domingo, 15 de outubro de 2017

Resenha de filme #1 - Um homem de sorte

Resenha de filme #1 - Um homem de sorte


Estou inaugurando um novo "quadro" no meu blog que será: Resenha de filme, onde pretendo fazer resenha dos filmes que já assisti, falando o que achei. Espero que gostem.

Para começar, vou falar do filme que assisti a pouco tempo que se chama Um homem de sorte. Ele é da lista dos livros que viraram filme, e que são meus preferidos. Normalmente eu vejo o filme e depois leio o livro. Este livro está na minha lista, mas ainda não li.

Fonte: internet


Achei esse filme muito lindo, com uma mensagem de força e persistência. Conta a história de Logan, interpretado pelo lindinho Zac Efron, que é um fuzileiro que está servindo na Guerra no Iraque. Diante de tantas dificuldades, mortes e bombas, ele encontra em meio alguns escombros a foto de uma moça, ele procura o dono da foto sem sucesso e decide guardar como um amuleto, e decide que se sobreviver vai procurar a moça da foto.
Quando volta a seu país, pesquisa na internet e acha pistas de onde possa encontrar essa mulher que foi seu anjo durante a guerra. Ele sai em busca dela, e facilmente a encontra. Chamada Beth (Taylor Schilling). Separada, com um filho, e cuidando de um canil com sua avó. Logan então consegue ser contratado no canil, sem contar o real motivo porque estava ali. 

É assim, sem surpresas, que se desenrola toda a história de Um Homem de Sorte. Repleto de metáforas rasas – é preciso passar pela escuridão antes de achar a luz, referência ao período na guerra antes de encontrar o amor – e frases de efeito românticas, daquelas que parecem ter saído de um caderninho – "você devia ser beijada todo dia, toda hora, todo minuto" -, o filme segue a fórmula Nicholas Sparks também no modelo. Afinal de contas, é estrelado por dois atores jovens e belos, em um lugar repleto de belas paisagens e com uma trilha sonora suave e romântica.

É quando Logan e Beth enfim se rendem aos encantos um do outro que o filme ganha força, por retratar bem a aproximação e o desejo velado entre eles, visível a cada cena mesmo que nada mais ousado esteja ocorrendo. 

Apesar de todos os contratempos, no final eles ficam juntos sim. E é linda a forma como tudo acontece, como a mensagem que o filme passa é real. Quando queremos algo de verdade, basta correr atrás e não desistir.

Espero que assistam e gostem, e se já assistiu comente ali em baixo o que você achou.

Bjos da Loirah

Nenhum comentário:

Postar um comentário